Entrevista com Rita Basilio

Meu nome é Rita.

Rita Basilio

Tenho 33 anos.

Nasci com uma deficiência neuromotora.

E apesar disso, quero ter minha independência.

Aos 5 anos, comecei a aprender a me comunicar usando recursos de Comunicação Alternativa.

Aos 6 anos, descobri que adoro terra depois que vi uma horta de cenouras em uma viagem
que fiz com os meus pais. Fiquei encantada com a força da natureza.

Sempre gostei também de brincar de vendedora de bonecas e roupas na minha infância, exercitando o meu espírito empreendedor.

Desde os 12 anos freqüento instituições onde aprendi e me desenvolvi na área de Artes Plásticas e Herborismo.

Com 27 anos realizei minha primeira experiência em moradia assistida. Tinha a minha própria casa em uma comunidade de pessoas que também tinham algum tipo de deficiência. Foi uma ótima experiência de vida e aprendi a conviver com a diversidade.

Já fiz também algumas viagens sem meus pais para destinos como Paraty, São Tomé das Letras, Mauá, com acompanhantes e empresas especializadas.

Atualmente, eu trabalho com artesanato em casa. Quero ganhar dinheiro, viajar, passear, namorar e viver em uma moradia assistida. Me preocupo com o meu futuro, pois sei que meus pais estão envelhecendo e, apesar de saber que posso contar com meu irmão, quero ter a minha independência.

Eu sei que assim como eu, outras pessoas vivem a mesma situação. Por isso, minha luta é pela criação de oportunidades de trabalho, turismo e, principalmente moradia para pessoas com deficiência.

Hoje utilizo uma prancha de comunicação com cerca de 2400 símbolos, incluindo fotos, palavras, figuras da internet e do Picture Communication Symbol.

Meu livroMeu livro

Eu chamo esta prancha de "MEU PCS" e AMO MEU PCS! Com ele eu posso conversar com todo mundo. Eu não vou a nenhum lugar sem ele. Foi muito bom quando minha mãe aprendeu a fazer meus símbolos. Hoje é ela que faz MEU PCS, incluindo constantemente os símbolos que eu peço. Eu acho muito importante que as pessoas que não falam, como eu, usem Comunicação Alternativa para se expressar. E é fundamental a aceitação e participação dos familiares nesta construção.

Foi uma experiência muito importante para mim e minha família compartilhar a minha história no I Encontro Regional de Comunicação Alternativa em São Paulo!

Encontro regional

Meu e-mail: ritabasilios@gmail.com

Minha página no Facebook: Rita Arteira